O presente artigo aborda a figura do direito de laje, inserida nos arts. 1.225, XIII e 1.510-A a 1.510-E do Código Civil. Discorre-se sobre seu conceito, afinidades com outros direitos reais, natureza jurídica e efeitos à luz da fonte normativa positivada. Investiga-se o instituto sob a perspectiva civil-constitucional, em diálogo de fontes que se desenvolve entre o Direito Civil, o Direito Ambiental e o Direito Urbanístico. Conclui-se que a nova figura é mecanismo hábil para a promoção da regularização fundiária urbana e o atingimento das funções socioeconômicas da cidade.

Enviar para um amigo
Enviar para um amigo
| |   Enviar   | |

Licença Creative Commons Esta publicação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


© 2012 || Civilistica.com || webdesign by pedro gentil