O presente artigo propõe releitura, de caráter funcional, em torno da consagrada categoria do direito real do promitente comprador. Para além de discutir os fundamentos que sustentam a visão tradicional acerca do conteúdo do direito real do compromissário, aproximando-o do chamado direito real de aquisição, intenciona-se, com esta investigação, expor novas potencialidades de tão importante figura do trânsito comercial imobiliário. Com a proposta de apresentar redefinição dos contornos do direito real do promitente comprador, expandindo sua amplitude e profundidade, busca-se nova qualificação técnico-jurídica que permita à tal categoria estrutural absover todas as funções para as quais está autorizado a perseguir na unidade do ordenamento civil-constitucional.

Enviar para um amigo
Enviar para um amigo
| |   Enviar   | |

Licença Creative Commons Esta publicação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

© 2020 || Civilistica.com || webdesign by pedro gentil